Devo contratar um consultor de imigração?

Depois de muita preparação, luta e sacrifício, finalmente você está pronto para emigrar definitivamente para o Canadá. Eis que então surge uma dúvida: devo pagar um consultor de imigração? De um modo geral, as pessoas, pensando primeiramente no aspecto financeiro, ficam tentadas a lidar sozinhas com toda a questão burocrática. No entanto, contar com os serviços de uma consultoria especializada – apesar de não garantir o visto – aumenta bastante as chances de o candidato ser bem-sucedido na sua aplicação.



O processo de imigração não é simples. E o consultor profissional auxilia o candidato durante todo o procedimento de aplicação, indicando de que forma deve ser apresentada a documentação necessária, além de ajudá-lo a definir qual categoria de imigração é mais adequada ao seu perfil. A consultoria evita que o candidato perca tempo ou se decepcione com um pedido negado por ter sido este mal formulado.
Entretanto, é fundamental que se tome cuidado na escolha deste consultor. Busque referências e certifique-se de que ele é um profissional credenciado. Tratando-se especificamente de consultoria de imigração para o Canadá, o órgão regulador é o ICCRC (The Immigration
Consultants of Canada Regulatory Council). Apenas profissionais vinculados a este conselho têm autorização para representar o solicitante legalmente.
Agindo deste modo, o candidato tem a segurança de saber a quem recorrer em caso de mau exercício da profissão. Por outro lado, há também a confiança de contar com um profissional altamente qualificado, que possui domínio completo da lei de imigração. O exame de habilidades aplicado pela ICCRC para formação de consultores é reconhecidamente rigoroso.
O curso básico pode chegar a até um ano. Um profissional deste nível evita que o candidato caia em erros recorrentes, como “enfeitar” a
realidade, julgando com isto tornar o pedido de residência permanente mais interessante. Ou, ainda, cair em contradição, pois fatalmente em algum momento será necessário comprovar o que foi dito e apresentado durante o período de aplicação. Nessa etapa, é preciso o máximo de
cuidado para não frustrar, por displicência, um projeto de vida.
No entanto, como dito no início do texto, não é o consultor quem define ou não sua imigração para o Canadá. O sucesso da aplicação está atrelado a outros fatores, como domínio do inglês ou do francês, algum vínculo anterior com o país, uma formação profissional cujo Canadá tenha demanda, etc. Quanto mais itens atendidos, maior a chance de sucesso.
Contudo, caso o pedido seja negado, não se desespere. Você pode tentar quantas vezes quiser. Converse com seu consultor. E não desista do seu sonho.





Nenhum comentário:

Postar um comentário