O porque de um seguro de saúde para quem quer visitar ou estudar no Canadá



Independente do tempo que você pretende passar no Canadá, providenciar um seguro-saúde é essencial. Os custos com médicos e hospitais em Ontário e outras províncias canadenses são caros, e a melhor forma de evitar grandes despesas é se preparar para o imprevisto. 




Com uma saúde excelente,  Douglas Nery nunca imaginou que iria parar em um hospital de Toronto. Foi exatamente isso que aconteceu no primeiro dia do ano, quando ele sofreu fortes dores abdominais e foi diagnosticado com uma apendicite. “Tudo o que eu queria era evitar ser hospitalizado porque não tenho seguro de saúde e sei que custaria caro”.
Douglas foi informado pelos médicos que teria que fazer uma cirurgia de emergência para a retirada do apêndice, ou correria risco de vida. Sem nenhuma outra alternativa, ele foi operado com sucesso, mas o serviço não foi de graça, e muito menos barato. A diária do quarto custou C$3500, o ultra-som C$150, o serviço de emergência $550, e a cirurgia, apesar de ainda não terem lhe informado o valor final, deve custar de C$ 10 mil a C$ 35 mil.
“Eu estou calculando que tudo deve custar cerca de C$25 mil, um valor que eu não possuo. No entanto, não quero sair do país e deixar uma dívida. Recebi um tratamento fantástico de toda equipe médica que salvou a minha vida, e não acho justo não pagar pelo que devo”, ressaltou Douglas, que lançou uma campanha na internet para arrecadar fundos com o objetivo de cobrir as despesas. Qualquer pessoa pode fazer uma doação através de depósito em conta bancária ou pay-pal. Mais informações podem ser obtidas no blog criado por ele mesmo.

Quando acontece o inesperado

Situações como a de Douglas são bastante frequentes. Muita gente que vem fazer intercâmbio no Canadá ou apenas visitar o país não pensa na possibilidade de ter um acidente ou ficar doente, e por isso acham que investir em um seguro de saúde é um desperdício de dinheiro. “Foi um erro. Agora estou como se estivesse em um labirinto”, desabafa Douglas.
Uma  alternativa de seguro de saúde para estudantes internacionais no Canadá é o Ingle International, que custa de C$495 a C$695 por ano e cobre serviços médicos e hospitalares, medicamentos com receita médica, emergências dentárias e assistência em diferentes idiomas.

Dicas para adquirir um bom seguro-saúde internacional

  •  Antes de contratar qualquer seguro-saúde, informe-se sobre os diferentes planos oferecidos. Alguns possuem cobertura limitada e serviços opcionais como repatriação ao país de origem ou atendimento hospitalar com acompanhante.
  • Tenha em mãos toda a documentação necessária para acessar o seguro enquanto estiver viajando.
  • Caso você já tenha plano de saúde, procure saber o que é necessário para estender a cobertura para o exterior. Mas atenção: Muitas vezes os benefícios no exterior são diferentes. Informe-se.
  • Antes de adquirir um seguro de saúde internacional no Brasil, é importante verificar a idoneidade da empresa. Uma boa dica é procurar o Procon na sua cidade. Caso não tenha certeza da eficácia do plano, melhor não adquiri-lo.
  • Antes de fazer sua viagem ao Canadá, verifique a sua saúde e faça um check-up completo. É sempre melhor prevenir do que remediar.
  • Como muitos seguros trabalham com um sistema de reembolso, é importante guardar todos os recibos de despesas hospitalares para garantir o dinheiro de volta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário